Março de 2019

JONATHAN SILVA

Foto: Reinaldo Meneguim

O compositor capixaba da Barra Funda, abre os trabalhos com um show que traz no repertório canções já gravadas e outras em trabalho de parto.

Dia 16 de março, sábado, 21h
R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)

Ficha Técnica:
Voz e Violão: Jonathan Silva
Guitarra, Viola Dinâmica e Rabeca: Filpo Ribeiro
Violão e Guitarra: Marcos Coin
Percussão e Bateria: Lucas Brogiolo

Reserve seu ingresso por telefone ou WhatsApp 9 4109-3191 e retire na bilheteria até 30 minutos antes do horário do espetáculo.
Aceitamos cartões para pagamento.
A bilheteria abre duas horas antes do início do espetáculo.

AMANHECEU


Foto: Alberto Gonçalves

Um solo de Juliana Bebé, premiado nacionalmente nas categorias Melhor Espetáculo, Melhor Texto, Melhor Atriz, com música original de Milton Nascimento. A peça discorre de forma direta e coloquial sobre o dia-a-dia de Maria da Silva, uma costureira, bem-humorada, fã de música sertaneja, que passa as madrugadas trabalhando para entregar suas encomendas, tendo como companheiro fiel um rádio. Numa noite insone, relacionando um caso narrado pela vizinha com o desfecho da radionovela, ela desperta para as ainda desconhecidas formas de violência das quais ela mesma foi vítima.

De 18 de março a 29 de abril, segundas, 20h30, com debate após cada apresentação.

R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia).

Ficha Técnica:
Concepção e Trilha Sonora: Juliana Bebé
Atuação, Texto e Direção Geral: Juliana Bebé
Direção Teatral : Laura Franco, manutenção desde 2012: Juliana Bebé
Orientação: Juliana Ferrari
Música Original: Milton Nascimento
Fotos: Alberto Gonçalves , Pedro Nercessian e Sabrina Petry
Produtor Associado: Pedro Nercessian
Produção Executiva: Loukos por Cultura (Márcia Costa e Sidney Werdesheim)

Reserve seu ingresso por telefone ou WhatsApp 9 4109-3191 e retire na bilheteria até 30 minutos antes do horário do espetáculo.
Aceitamos cartões para pagamento.
A bilheteria abre duas horas antes do início do espetáculo.

AMANDA GASPARETTO

Amanda Gasparetto apresenta Mederi: um trabalho de música autoral que reúne canções compostas por ela nos últimos anos. Essa palavra significa “cuidar, curar” em latim. Um processo longo, árduo, íntimo, mas também singelo e bonito. Sobre tornar-se mulher, sobre (des)construir-se como artista. O show solo em formato voz e guitarra, traz composições que sutilmente transitam entre o líquido e o concreto.

Musicista convidada: Viviane Barbosa
Iluminação: Fernando Melo

Dia 31 de março, domingo, 19h
Pague quanto puder

Ficha Técnica:
Voz e Guitarra: Amanda Gasparetto
Baixo: Viviane Barbosa
Iluminação: Fernando Melo

Reserve seu ingresso por telefone ou WhatsApp 9 4109-3191 e retire na bilheteria até 30 minutos antes do horário do espetáculo.
Aceitamos cartões para pagamento.
A bilheteria abre duas horas antes do início do espetáculo.

DEZEMBRO 2018

NA BEIRADA

Ensaio aberto de experimento cênico-musical. Com  Patricia Gifford, Lincoln Antonio e Jonathan Silva.

Dia 14/12, sexta, às 21h.

R$ 20,00 e R$ 10,00.

Reserve seu ingresso por telefone ou WhatsApp 9 4109-3191 e retire na bilheteria até 30 minutos antes do horário do espetáculo.
Aceitamos cartões para pagamento.
A bilheteria abre duas horas antes do início do espetáculo.

 

MÁRCIAH LUNA CABRAL

O show “Da Opereta ao Samba – 40 anos de Teatro e Música” comemora a longa trajetória da artista e revive uma parte do repertório cantado nos shows e peças.

Márciah faz uma retrospectiva por meio da música, cantando um repertório saboroso que passa por Adoniran Barbosa (Saudosa Maloca), Lamartine Babo (Serra da Boa Esperança), Caetano Veloso e Maiakovski (O Amor), Edu Lobo e Chico Buarque (Beatriz), Kurt Weill e Ogden Nash (Speak Low) e Richard Rodgers (The Lady is a Tramp).

Ficha Técnica

Roteiro: Márciah Luna, Fátima Valença e Maria Cristina Gândara
Textos: Fátima Valença
Fotos: Chico Lima
Piano: Hugo Chiaradia
Arranjos: Márciah Luna e Hugo Chiaradia
Direção de Produção: Ângela Doria
Assessoria de Imprensa: Adriana Bueno

Dias 8 e 9/12, sábado, 21h; domingo, 19h.

R$ 20,00 e R$ 10,00.

Reserve seu ingresso por telefone ou WhatsApp 9 4109-3191 e retire na bilheteria até 30 minutos antes do horário do espetáculo.
Aceitamos cartões para pagamento.
A bilheteria abre duas horas antes do início do espetáculo.

 

 

 

 

MIÚDAS DIFERENÇAS

Com Karen Menatti e Paulo de Tarso L. Brandão.

Nasce da junção dos livros Quintal de Miudezas de Karen Menatti e O Livro das Diferenças de Paulo de Tarso L. Brandão.

No encontro poético-musical Miúdas Diferenças a palavra ganha corpo, voz, melodias e dessa maneira preenche o espaço, tridimencionalizando-se, achando sua potência performática e sensível. Músicas criadas a partir dos livros são colocadas lado a lado com as poesias, conduzindo e interligando os textos, gerando um verdadeiro acontecimento poético.

Num convite íntimo, o Livro da Diferenças convida olhar as diferenças, mesmo as mais miúdas, enquanto que no seu quintal, o livro de Karen chama para os singelos momentos com suas complexidades e contradições. É inegável que, seja pela amizade ou por nascerem filhos de um mesmo tempo, os dois livros tangem temas comuns como a fé, o amor, a política, a saudade, e o próprio tempo. São justamente esses temas que são a espinha dorsal que conduzem o ouvinte nesse Encontro Poético Musical.

Dia 05/12, quarta, 21h.

R$ 30,00 e R$ 15,00.

Reserve seu ingresso por telefone ou WhatsApp 9 4109-3191 e retire na bilheteria até 30 minutos antes do horário do espetáculo.
Aceitamos cartões para pagamento.
A bilheteria abre duas horas antes do início do espetáculo.

Foto: Flavio Barollo

 

A ILHA

Teatro Adulto/Estreia

Direção: Maria Isabela. Atuação: Amanda Santos, Letycia Nascimento e Abmael Henrique. Dramaturgia: Criação Coletiva. Trilha Sonora ao vivo: Iná Iê.
Coreografia: Bruna Mota. Cenografia e figurino: Maria Isabela. Assistente de Figurino: Luma Yoshioka.
Costureira: Maria Gorete. Confecção de Boneco: Daiane Baumgartner. Arte Gráfica: Gislaine Costa. Mídias Sociais: Rebeca Caldas.

Sinopse:

Um acidente, uma ilha absurda, três personagens que podem ser os últimos humanos vivos do universo e uma baleia cantora. Isolados, procuram precariamente sair do tédio, encontrar ajuda e deixar de forma sincera e patética uma mensagem final aos que não virão.
Um espetáculo sobre os fins dos mundos, sobre a humanidade dos corpos no hoje e sobre quanto somos risíveis.

Dia 02/12, domingo, às 19h, dias 03 e 04/12, segunda e terça às 21h.

R$ 20,00 e R$ 10,00.
Reserve seu ingresso por telefone ou WhatsApp 9 4109-3191 e retire na bilheteria até 30 minutos antes do horário do espetáculo.
Aceitamos cartões para pagamento.
A bilheteria abre duas horas antes do início do espetáculo.

 

Novembro

Teatro Adulto/Estreia

NAS VENTANIAS DE UMA ARETÉ

Dias 10 e 11, 17 e 18, 24 e 25 de Novembro.

Sábado às 21h, Domingo às 19h.

Pague Quanto Puder.

Sinopse:

Narra a saga de Benito, um homem que faz da ordem seu caminho e nas encruzilhadas da vida vê sua patente ameaçada e por isso vai defendê-la a qualquer custo.

Ficha Técnica:

Atuação: Majó Sesan

Direção: Rogério Tarifa

Texto: Michel Yakini 

Cenografia: Andreas Guimarães

Figurino: Ruth Melchior

Luz: Marcus Filomenus

Trilha Sonora: Mário Conte

Direção Musical: André Pereira

____________________________

Show e Lançamento do Vídeo

SAMBA DA UTOPIA

com

JONATHAN SILVA

Participações encantadas : CEUMAR e GISELDA PERÊ

Dia 16 de Novembro, Sexta, 21h.

R$ 20,00  (inteira)  R$10,00 (meia).

Sobre Jonathan Silva:

O músico Jonathan Silva é natural de Vitória-ES e reside em São Paulo desde 1999. Tem três CDs autorais lançados: “Necessário” (1996), “Benedito” (2008) e “Precisa-se de compositor com experiência” (2015). Suas composições misturam as linguagens do Congo, Samba, Jongo e Baião com influências da vanguarda paulistana, como Itamar Assumpção e Grupo Rumo, resultando num criativo universo sonoro. Atua como compositor junto às companhias de teatro Bonecos Urbanos, Cia São Jorge de Variedades e Cia do Tijolo.
Acaba de lançar, em outubro de 2018, o single “Samba da utopia” com participação da cantora Ceumar e da Cia do Tijolo.

Ficha Técnica:

Jonathan Silva: voz e violão
Filpo Ribeiro: guitarra, viola dinâmica e rabeca
Marcos Coin: violão e guitarra
Lucas Brogiolo: percussão e bateria

Foto: Adriana Vichi

___________________________

Música

KLEBER ALBUQUERQUE e RUBI

no show

CONTRAVENENO

Dias 22 e 29 de Novembro, Quinta, 21h.

R$ 30,00(inteira) R$ 15,00(meia).

Sobre o show:

CONTRAVENENO

“Você tem razão, sou contradição,

Vou na contramão dessa multidão,

Se ela diz que sim, luto pelo não,

Se ela diz que não, é tão claro o sim.” ​

CANÇÕES PARA DESENVENENAR CORAÇÕES EM TEMPOS TÓXICOS ​

O compositor e cantor paulista Kleber Albuquerque e o cantor brasiliense Rubi apresentam o novo espetáculo musical “CONTRAVENENO”, mais do que um simples encontro no palco, os músicos celebram o prazer de entretecer melodias e entrelaçar seus cantares na boa e velha arte de cantar a duas vozes. Em comum na carreira individual dos dois artistas há a influência da tradição da música caipira, das duplas sertanejas ouvidas na infância.

Para além deste mergulho interior, tanto no sentido geográfico quanto sentimental, “CONTRAVENENO” elege um repertório de canções com alta densidade poética, com letras que, ainda que não panfletárias, dialogam de forma crítica em relação ao momento atual, revitalizando a assim chamada “linguagem da fresta” em temas como A Banca (composta em “homenagem” a Eduardo Cunha) e na própria Contraveneno, a canção que dá título ao show.

Foto: Flavia Alves

____________________________

Teatro Adulto

O CAPITAL – Arlequins apresenta Marx

Dia 30 de Novembro, Sexta, 21h.

Pague Quanto Puder.

Sobre o espetáculo:

“Ser radical é agarrar as coisas pela raiz. Mas, para o homem a raiz é o próprio homem.”– Karl Marx

O Arlequins, da Cooperativa Paulista de Teatro, há mais de 40 anos se dedica ao fazer teatral. No diálogo entre os artistas e o público desenvolvemos nossa poética, que retrata a síntese do que fizemos do presente e do passado: nossa história – “tudo tem história” -, aprendemos a sentir nos ventos onde buscar esse essencial do teatro: o público. Espectadores públicos, problemas públicos, a comunidade, sempre, como centro. Seja a comunidade dos cidadãos das várias classes seja a comunidade teatral, sempre na tentativa de superar os conceitos de cultura-opressora. Há que chegar a ele, o público, esse direito. Acreditamos na arte como expressão política e na busca da construção de um humano que supere, a nossa pouca humanidade.

Com a comédia épica “O Capital – Arlequins apresenta Marx” queremos trazer uma reflexão para essa “irracionalidade” que cega os sectários, não permitindo a percepção da dinâmica da realidade. Em 2017, o Livro I de O Capital comemorou 150 anos de sua primeira publicação e em 2018, 200 anos do nascimento de Marx. Hoje vivemos uma crise econômica, política e social, um desmonte de direitos dos trabalhadores, que foram conquistados com muita luta. O Capital, de Karl Marx, nos fornece uma potente ferramenta para compreendermos como essa sociedade se organiza. A questão não é partidária, nem de Estado, nem de democracia, e sim reconhecer que esse modo de produção subordina as demais esferas do nosso cotidiano individual e coletivo: É UMA TOTALIDADE!

“Para o pensar não há ponto de partida melhor do que o riso. As sacudidelas do diafragma oferecem melhores chances para o pensamento do que as comoções da alma.” – Walter Benjamin

 

Ficha Técnica:

Texto – Éjo de Rocha Miranda e Ana Maria Quintal

Direção Sérgio Santiago

Elenco Alexandre Garcia

               Ana Maria Quintal

               Danielle Agostinho

               Fillipe Gomes

IluminaçãoIra Montenegro

SonoplastiaMiranda

Artes Gráficas/Fotografia Marisa Quintal

Operação Técnica João Riddle

                                        Vanda Martins

 

Outubro

Show
ÓRION

O compositor e cantor Iuri Galati traz para o público o espetáculo Órion, um show dançante feito principalmente de músicas autorais de estilos variados, onde são misturados samba, xote, soul e até uma pitada de rock and roll.

Iuri Galati – Voz e Violão

Jonatan Góes – Bateria e Percussão

Mateus José – Baixo

Pedro Passanesi – Guitarra e Violão

Dia 05 de outubro, sexta, 20h30.
R$ 30,00 (inteira) R$ 15,00 (meia).

____________________________

Show

LIRA URBANA

LIRA NA RODA VIVA é um show que  homenageia grandes compositores do samba e da bossa nova tais como Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Luis Bonfá, entre outros.

Direção artística de ROSANA DANIN.

O VOCAL LIRA URBANA é um grupo composto por 11 integrantes que possuem vivência musical há mais de 10 anos como integrantes de diversos coros da cidade de São Paulo, formado com o intuito de estudar e difundir a música vocal por meio de repertório de qualidade e variado que inclui bossa nova, samba, folclóricas, negro spiritual, eruditas, africanas, indígenas e clássicos mundiais. O objetivo é incentivar e promover a música vocal de forma humana, valorizando as diferentes culturas. As músicas são desenvolvidas utilizando a voz como instrumento principal, harmonizando com o acompanhamento de instrumentos diversos.

Dia 06 de outubro, sábado, 20h.

R$ 30,00.

________________________

Show
Guilherme Vazquez

O artista transita com desenvoltura por vários caminhos, somando poesia, fotografia e música, em um trabalho coeso e de expressiva marca autoral.

A variedade de linguagens é resultado de uma trajetória pontuada por experiências e influências múltiplas.

Dia 19 de outubro, sexta, 21h.
R$ 30,00 (inteira) 15,00 (meia).

____________________________

Show
DUO CÓZ

Formado pelos músicos Migue Antar (contrabaixo) e Fabio Manzione (bateria e percussão), o duo explora em suas performances uma zona de interferências entre a música popular e os procedimentos criativos da livre improvisação musical. Assim, a interação sonora sofre contaminações a partir da inserção de temas-estopim, de músicos/musicistas convidados e, mesmo, de escolhas extra-musicais do público. As sessões de improvisação do duo tem tempo variável, consequência da liberdade formal no processo criativo das performances, da intenção de fugir do provável, da busca da escuta e da relação entre performers, e da necessidade de abertura de inconsciente para a criação em tempo real.

Cóz surge a partir do recorte da palavra “cozinha”, alcunha dada à sessão rítmico-harmônica de grupos musicais formadas, normalmente, por baixo, bateria e instrumentos harmônicos como o piano ou a guitarra. Cóz é também homófona a palavra “cós” que nos remete à costura das roupas, àquela faixa de pano que reforça a costura de dois tecidos distintos.

Artista convidado: Rogério Costa

Professor livre docente, compositor, saxofonista e pesquisador ligado ao Departamento de Música da ECA-USP. Como improvisador fundou e integrou, juntamente com Edson Ezequiel e Silvio Ferraz o grupo Akronon de livre improvisação. Possui vasta produção bibliográfica sobre improvisação publicada em revistas, anais de congresso e livros. Atualmente coordena na USP um projeto de pesquisa sobre a improvisação e suas conexões com outras áreas de estudo. É integrante do quarteto de criação coletiva Entremeios e também da Orquestra Errante constituída por alunos da graduação e da pós-graduação da USP.

Dia 20 de outubro, sábado, 21h.
R$ 30,00 (inteira) 15,00 (meia).

____________________________

Show
Junior Alves

Apresenta o show De Cartola & Cavaquinho, com participação especial de Luana Gaudy.

Dia 21 de outubro, domingo, 19h.
R$ 30,00.

____________________________

Teatro Adulto
O CAPITAL – Arlequins apresenta Marx

 “Ser radical é agarrar as coisas pela raiz. Mas, para o homem a raiz é o próprio homem.”– Karl Marx

O Arlequins, da Cooperativa Paulista de Teatro, há mais de 40 anos se dedica ao fazer teatral. No diálogo entre os artistas e o público desenvolvemos nossa poética, que retrata a síntese do que fizemos do presente e do passado: nossa história – “tudo tem história” -, aprendemos a sentir nos ventos onde buscar esse essencial do teatro: o público. Espectadores públicos, problemas públicos, a comunidade, sempre, como centro. Seja a comunidade dos cidadãos das várias classes seja a comunidade teatral, sempre na tentativa de superar os conceitos de cultura-opressora. Há que chegar a ele, o público, esse direito. Acreditamos na arte como expressão política e na busca da construção de um humano que supere, a nossa pouca humanidade.

Com a comédia épica “O Capital – Arlequins apresenta Marx” queremos trazer uma reflexão para essa “irracionalidade” que cega os sectários, não permitindo a percepção da dinâmica da realidade. Em 2017, o Livro I de O Capital comemorou 150 anos de sua primeira publicação e em 2018, 200 anos do nascimento de Marx. Hoje vivemos uma crise econômica, política e social, um desmonte de direitos dos trabalhadores, que foram conquistados com muita luta. O Capital, de Karl Marx, nos fornece uma potente ferramenta para compreendermos como essa sociedade se organiza. A questão não é partidária, nem de Estado, nem de democracia, e sim reconhecer que esse modo de produção subordina as demais esferas do nosso cotidiano individual e coletivo: É UMA TOTALIDADE!

“Para o pensar não há ponto de partida melhor do que o riso. As sacudidelas do diafragma oferecem melhores chances para o pensamento do que as comoções da alma.” – Walter Benjamin

Então, venham se divertir junto com a gente!

Dia 26 de outubro, sexta, 21h
Pague Quanto Puder.

 

FICHA TÉCNICA

O CAPITAL – Arlequins apresenta Marx

Texto – Éjo de Rocha Miranda e Ana Maria Quintal

Direção – Sérgio Santiago

Elenco – Alexandre Garcia

               Ana Maria Quintal

               Danielle Agostinho

               Fillipe Gomes

Iluminação – Ira Montenegro

Sonoplastia – Miranda

Artes Gráficas/Fotografia – Marisa Quintal

Operação Técnica – João Riddle

                                  Vanda Martins

Produção Executiva – Danielle Agostinho

Web designer – Edson Frank

Realização – Arlequins
Cooperativa Paulista de Teatro

– nas citações da obra de Marx utilizamos como fonte de referência a edição da Boitempo –

 

A bilheteria abre duas horas antes do horário programado para o início do espetáculo. Reservas também por WhatsApp.

Rua Duílio, 46, Vila Romana, Lapa, tel. 941093191